Adolescentes armados tentam invadir distrito


Cinco adolescentes foram apreendidos, na tarde de ontem, por policiais militares do Comando Tático Motorizado (Cotam) do Batalhão de Polícia de Choque, na Barra do Ceará.

O grupo é suspeito de ter tentado, pela manhã, invadir as dependências do 17º DP (Vila Velha) e atirar contra um inspetor que estava de plantão naquela distrital.

Segundo apurou a Polícia, a tentativa de invasão ao prédio da Polícia Civil ocorreu por volta de 7 horas. O único agente que estava de plantão, identificado como inspetor Messias, por pouco não foi atingido pelos tiros. Um dos disparos acertou as janelas de vidro na entrada da DP.

O delegado José Lopes Filho, titular do distrito, compareceu rapidamente ao local e informou que, naquele momento, havia duas hipóteses a investigar, se os tiros foram endereçados realmente ao inspetor, ou se o grupo pretendia invadir a delegacia para resgatar algum dos 21 presos que estavam recolhidos na carceragem.

Durante toda a manhã, foram feitas diligências na Vila Velha e bairros próximos, na tentativa de localizar e prender os acusados do atentado. Mas, começo da tarde, a patrulha CT-4019, do Cotam, localizou, em uma residência na Rua Antônio Moreira, na Barra do Ceará, os cinco adolescentes. São três rapazes e duas garotas. As armas usadas no crime não foram achadas.

Versão

O grupo foi encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). As garotas negaram envolvimento no caso. Já os três garotos revelaram que a intenção deles era invadir a delegacia para matar um dos 21 presos.

O ´alvo´ do atentado seria um homem que, segundo os acusados, teria esfaqueado o amigo de um traficante de drogas do bairro Genibaú. Rafael seria o preso que os invasores pretendiam matar a mando do traficante conhecido como ´Diassis Perna de Ferro´, que comanda o tráfico de drogas no bairro Genibaú. Segundo eles, a pistola e um revólver usados no crime teriam sido fornecidos ao grupo pelo traficante mandante do atentado.

Investigação

A Polícia agora trabalha para localizar o traficante que teria ordenado o assassinato que acabou não acontecendo, Os cinco adolescentes serão ouvidos, ainda nesta semana, pelo juiz da Infância e da Adolescência.

Ainda pela manhã, o delegado Lopes Filho conseguiu junto ao Departamento de Polícia Especializada (DPE) a transferência de quatro dos 21 presos que estavam recolhidos na carceragem daquela distrital.

Segundo ele, os transferidos são acusados de crime de homicídio e tentativa de assassinato. Lopes lembrou que, apesar de contar com 21 detentos, a delegacia tem capacidade para abrigar apenas cinco homens em cada uma das duas celas.

Outra medida tomada pelo delegado foi solicitar ao comando do Batalhão de Policiamento Comunitário (Ronda do Quarteirão) que a rendição (troca de turno) dos policiais do bairro seja realizada no pátio daquela delegacia, para minimizar o efeito da superlotação de presos.

Fonte: Diário do Nordeste 
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site