Parreira será o Zagallo de Felipão na Copa de 2014


Nos mundiais de 1994 e 2006, Carlos Alberto Parreira comandou a seleção brasileira tendo em Zagallo seu braço direito. O Velho Lobo atuava como coordenador técnico, função que agora caberá ao ex-treinador na comissão técnica de Luiz Felipe Scolari. Algo que deixou o novo comandante “feliz da vida”.

Ao comentar a aquisição de Parreira, tetracampeão do mundo em 1994, Felipão afirmou que terá muito mais tranquilidade para trabalhar do que em 2002, quando sofreu bastante pressão na preparação para a Copa.


Embora continue com Flávio Murtosa em sua comissão na função de auxiliar, Scolari aprovou o fato de ter mais uma pessoa para dialogar e definir o rumos do Brasil para 2014.

- Olha, fiquei muito feliz quando o presidente me falou que convidou o Parreira. Muito obrigado, mil vezes muito obrigado. Queria ter ao meu lado uma pessoa com quem eu possa dialogar. Tem conceitos diferentes do meu e isso é importante trocarmos para sermos vencedores novamente.


Parreira estará presente pela quinta vez na comissão técnica da seleção brasileira em uma Copa do Mundo. Em 1970 e 1974, foi como preparador físico. Em 1994, dirigiu o time no título, tendo fracassado como treinador em 2006, eliminado nas quartas de final pela França.

Veterano em Mundiais, o tetracampeão repetiu discurso de Felipão e afirmou que se sente mais jovem para ajudar a seleção brasileira rumo ao hexacampeonato.

- É um recomeço, uma continuação, disputar a quinta Copa com a seleção. Me sinto como um garoto, interessado, com paixão, e reviver uma dobradinha que deu certo com Zagallo em duas Copas. Agora estou em função diferente, mas o Felipão é a figura principal. Hoje não somos os favoritos, mas daqui a um ano e meio seremos com o trabalho que faremos.


Parreira deverá estar no banco de reservas durante os jogos e também irá colaborar nos treinamentos com Felipão. Porém, deixou claro que a palavra final sempre será do comandante.

- Estamos aqui para ajudar, colaborar, trocar ideia de conceitos. Vou me sentir útil, discutir pontos de vistas diferentes, mas a decisão final sempre caberá ao treinador, que é a figura principal da comissão técnica.

fonte:R7
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site