Prefeito, vice e vereadores são afastados por ordem da Justiça na cidade de Felipe Guerra-RN


Desencadeada na manhã de ontem pela Secretaria daSegurança Pública e Defesa Social (SSPDS), no Sertão Central, resultou na prisão de 16 pessoas, acusadas de envolvimento em diversos crimes no Município de Pedra Branca. Entre os detidos estão suspeitos de envolvimento no atentado sofrido, em julho último, pelo promotor de Justiça daquela comarca.

A operação foi determinada pelo secretário da Segurança Pública, coronel Francisco José Bezerra, após uma investigação sigilosa feita pela Delegacia Municipal de Pedra Branca com o apoio do Ministério Público e da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da própria SSPDS. Coube à Coordenadoria de Planejamento e Operações Policiais (Copol) montar a mobilização, que teve a participação de equipes da Polícia Civil e do Comando do Policiamento do Interior (CPI).

Prisões

A Justiça expediu os mandados de prisão preventiva e temporária contra os acusados dos crimes. Entre os 16 detidos, está uma adolescente de 17 anos. No balanço da operação foi destacada a apreensão de várias armas de fogo.

Segundo a Assessoria de Comunicação Social da SSPDS, os presos em Pedra Branca são, Francisca Elisângela Bento Cirilo, José Roberto Soares Lopes, Antônio Adriano Vieira de Lima, Antônio Edson Veríssimo Lopes, Eldvan Gomes, Gabriela Moreira da Silva, João Rodrigues da Silva, Antônio Rogério de Oliveira, Ollem Arruda melo, José Alan Araújo Ferreira, Mardônio Gomes de Lima, Francisca Narcélia Rodrigues da Silva, Válber Renê Alves de Lima, Sílvia Maria Dantas Cavalcante, Leiliane Pinheiro Monteiro.

A adolescente também está entre os detidos durante o cerco da Polícia na periferia de Pedra Branca. Conforme as autoridades, os 16 acusados estariam ligados a crimes como homicídio e tráfico de drogas naquele Município e em cidades vizinhas.

Desde o atentado contra a residência do promotor de Justiça daquela cidade, a SSPDS, a pedido do Ministério Público, iniciou uma investigação sigilosa com o objetivo de desarticular uma rede de crimes que ocorria ali. As autoridades concluíram que o tráfico de drogas estaria fomentando outras práticas delituosas na região, principalmente os assassinatos por ´acerto de contas´ devido a dívidas de usuários com os traficantes.

Senador Pompeu

A Polícia deteve, ontem, dois homens suspeitos de envolvimento na morte de duas mulheres. Os corpos das vítimas foram encontrados, na manhã de quarta-feira, em um matagal nas margens da estrada de acesso à barragem do Açude Patu, a cerca de cinco quilômetros da sede do Município. Camila Sousa de Oliveira, 28; e Maria Elinalva do Nascimento Sousa, 30, foram assassinadas a tiro.

A Polícia deteve os suspeitos na manhã de ontem. À tarde, eles foram levados à cidade de Quixeramobim para serem submetidos a exame de parafina.

Fonte: Diário do Nordeste
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site