Após suicídio de aluna, estudantes se revoltam e depredam universidade, nas Filipinas


18/03/2013 - 19:00h
Revoltados, estudantes da Universidade Politécnica das Filipinas (PUP), em Manila, destruíram equipamentos e materiais nesta segunda-feira, dia 18, depois da notícia do suicídio de uma caloura.
Kirstel Tejada, 16 anos, se matou depois de ser expulsa por não conseguir pagar as mensalidades do ano anterior e continuar com os estudos.
Os alunos atiraram cadeiras e monitores de andares superiores e fizeram uma fogueira no pátio.
Os manifestantes disseram que o ato faz para do início de um "protesto negro", com duração de uma semana, para denunciar o alto preço das mensalidades, consideradas abusivas por eles.
 POP NEWS / MUNDO
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site