Jovem morre após receber alta de 3 hospitais estatais do Rio em 4 dias

15/03/2013 06h58 - Atualizado em 15/03/2013 08h40
UPA liberou Andressa, de 16 anos, 7 horas antes de parada cardíaca.
Ela também passou por HGV e PAM do Irajá e deixa uma filha de 11 meses.
João Bandeira de Mello e Cristiane CardosoDo G1 Rio


Uma adolescente de 16 anos, moradora do Jardim América, na Zona Norte do Rio de Janeiro.morreu na quarta-feira (13) com parada e insuficiência cardiorrespiratória após receber alta três vezes, em quatro dias, de três unidades hospitalares estatais da cidade: o Hospital Municipal Francisco da Silva Telles, mais conhecido como PAM do Irajá; o Hospital Estadual Getúlio Vargas (HGV), na Penha, o primeiro que procurou, no sábado (9), e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do mesmo bairro, também estadual.
Após sofrer diversas paradas cardíacas, Andressa Nunes morreu no PAM do Irajá às 10h40 desta quarta-feira (13), seis horas e 37 minutos após receber alta da UPA da Penha, cujo boletim mostra que seus "exames foram negativos para doença aguda do coração" e onde "a paciente recebeu a medicação necessária para estabilizar o quadro", de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado.
Pouco após as 8h, Andressa voltou a se sentir mal, com muita dificuldade para respirar e foi levada às pressas para o PAM, onde, após uma hora e 40 minutos, a tentativa de reanimá-la na segunda sequência de paradas cardíacas não surtiu efeito. A jovem morreu de insuficiência respiratória com "provável edema pulmonar" com saída de "líquido espumoso". Ela deixa uma filha, Júlia, de 11 meses
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site