Pilotos indianos deixam comissárias no comando de avião para dormir


Dois pilotos da Air India saíram da cabine de comando para cochilar e deixaram duas comissárias de bordo no comando de um avião até que elas desligaram por equívoco o piloto automático, informou nesta sexta-feira a imprensa local.

Os dois pilotos dormiram 40 minutos na primeira classe, até que acordaram abruptamente quando uma das auxiliares desligou o piloto automático e os dois precisaram correr para retomar o controle do avião, segundo o jornal "Mumbai Mirror".

O incidente ocorreu no voo AI-133 que fazia a rota Bangcoc-Nova Délhi a 10 mil metros de altura no dia 12 de abril em um Airbus-321 onde viajavam 166 passageiros, explicaram fontes anônimas da companhia aérea ao jornal.

Segundo a reportagem do "Mumbai Mirror", o copiloto Ravindra Nathel deixou a cabine de comando rumo à primeira classe, enquanto o capitão B.K. Soni explicava aos auxiliares de voo como operar a aeronave, antes de ir cochilar também.

A Air India negou que os pilotos deixaram a cabine, mas reconheceu em comunicado que as aeromoças "ficaram durante um longo período de tempo na cabine".

Segundo a versão da companhia, foi o copiloto que desligou o piloto automático "por uma distração".

A Direção-Geral de Aviação Civil da Índia confirmou que os dois pilotos e as comissárias foram demitidos e que o incidente está sendo investigado.

Fonte: EFE 
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site