Polícia Federal deflagra operação e descobre mansão do tráfico no Piauí


Pessoas foram presas sob a suspeita de atuar no tráfico de drogas em Teresina (Foto: Gil Oliveira)
A Polícia Federal no Piauí deflagrou nesta sexta-feira (10)  a ‘Operação Pioneira’ que visa combater o tráfico de drogas em Teresina e outras cidades do estado. Pelo menos 14 pessoas foram presas no início da manhã e os policiais fizeram a apreensão de armas e drogas em uma casa no bairro Lourival Parente, Zona Sul da capital. Segundo a polícia, a mansão funcionaria como um quartel general com câmeras de alta definição e de alto alcance instaladas e seria um ponto para a distribuição de drogas em toda a região.

A investigação ficou  a  cargo da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) que identificou os fornecedores de drogas nos estados de Minas Gerais e Mato Grosso onde também estão sendo cumpridos mandados de busca e prisão.

"Quatro pessoas foram presas na casa localizada no bairro Lourival Parente e lá os policiais também fizeram a apreensão de armas e outros objetos", disse o delegado da Polícia Federal, Reginaldo Campelo.

Na casa, considerada pela polícia como ponto de distribuição, foi identificada uma escada próximo a um dos muros que seria utilizada para facilitar a fuga dos criminosos.
Casa era equipada com câmeras de alta definição e cerca elétrica (Foto: Gil Oliveira)

No Piauí foram presas pessoas suspeitas de liderar o tráfico, responsáveis pela distribuição e financiadores do tráfico. Ao todo, estão sendo cumprindo 28 mandados de prisão e 20 mandados de busca e apreensão.

A Operação Pioneiros faz parte da estratégia da PF para desarticular estruturas interestaduais dedicadas ao tráfico, reduzir a oferta de drogas e expropriar os ativos pertencentes aos criminosos. De acordo com a Polícia Federal foi rastreada uma movimentação financeira superior a R$ 2 milhões no último ano de atividade da quadrilha.

A investigação sobre lavagem de dinheiro obtido com tráfico motivou o bloqueio de ativos nas contas bancárias dos indiciados e o sequestro de 25 imóveis situados nos estados de Goiás, Minas Gerais e Piauí, avaliados em R$ 2,8 milhões.

Os suspeitos estão sendo indiciados por tráfico ilícito de drogas, associação para o tráfico, financiamento do tráfico de drogas e, lavagem de dinheiro.

Após a lavratura dos Procedimentos Policiais, os presos serão recambiados para presídios da capital onde ficarão a disposição do Juízo da 7ª Vara Criminal da capital, Dr. Almir Abib Tajra, e da promotora de justiça, Dra. Lúcia Rocha Cavalcanti Macedo.

Investigação

Na fase prévia de investigações da operação Pioneiros, em ação controlada da PF, foram apreendidos mais de 200 quilos de drogas, sete pessoas presas em flagrante, veículos e armas de fogo também foram apreendidas.

Ainda durante as investigações foi identificado o braço armado da quadrilha responsável por homicídios, decorrentes da disputa entre bandos de traficantes rivais em Teresina.

Fonte: G1 PI
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site