Paulo Henrique Amorim é condenado à prisão por injúria preconceituosa, diz jornal

05/07/2013 - 10:44 atualizado ás 2h57 pm


Por Contigo! Online

A pena, afirma a publicação, foi de um ano e oito meses de reclusão, e será substituída por uma pena restritiva de direito a ser ainda definida. Mas, como ele completou 70 anos em fevereiro, teve a pena reduzida em três meses.

Em 2012, Paulo Henrique Amorim teve de se retratar publicamente, em anúncios de jornais, por conta das declarações.

Tudo começou quando, em 2009, o apresentador da Record escreveu em seu blog online que o jornalista era "negro de alma branca" que "não conseguiu revelar nenhum atributo para fazer tanto sucesso, além de ser negro e de origem humilde".

De acordo com a Folha de S. Paulo, a desembargadora Nilsoni de Freitas Custódio considerou que as declarações “foram desrespeitosas e acintosas à vítima” e que “foi nítida a intenção de ofender a honra” de Heraldo Pereira.

A advogada de Amorim declarou que vai recorrer. "O Paulo exerceu o direito de crítica. Ele tem esse estilo muito contundente, irônico, cortante. Mas a história toda da vida dele é de defesa dos negros, das cotas, de políticas afirmativas. Soa estranho ser acusado dessas práticas", avisou Maria Elizabeth Queijo.
No ano passado, uma conciliação entre as partes, promovida pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal, definiu que Paulo Henrique teria que retirar o texto de seu blog, fazer uma doação de R$ 30 mil a uma instituição de caridade indicada por Heraldo, além de publicar uma nota de retratação na imprensa.(DFN)
 


Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site