Doença de Neymar causa cansaço e menor desempenho físico, diz especialista

Do R7*

6/8/2013 às 00h30
Anemia é uma doença que atinge a hemoglobinaGetty Images
Os exames de rotina do jogador Neymar detectaram que o novo atacante do Barcelona está com anemia. De acordo com o jornal El País, o craque terá uma rotina diferente de treino por conta da doença. Para o hematologista Marcello Augusto César, do Hospital São Luiz, a anemia tende a deixar o atleta mais cansado do que os demais colegas.
— Esportistas com anemia tendem a ter fadiga muscular precoce e cansaço, o que diminui o rendimento do jogador em campo.
A anemia é uma doença que atinge a hemoglobina, causando redução dos glóbulos vermelhos e, consequentemente, afeta o transporte de oxigênio e energia para o corpo. Sem este “combustível”, é comum a pessoa sentir fraqueza, cansaço, perda de concentração, falta de ar ao fazer esforço intenso, palpitação, dor de cabeça e sonolência.
Segundo o médico, a falta de ferro é a principal causa do problema em crianças. Já em adultos, ele destaca a hemorragia.
— Quando um paciente adulto apresenta o quadro de anemia, a primeira atitude que tomamos é investigar a presença de algum sangramento oculto no corpo. A má alimentação também é outra causa comum da anemia em adultos.
Há menos de um mês Neymar foi submetido a uma cirurgia para a retirada das amígdalas, o que pode ter contribuído para o surgimento da anemia. Segundo os jornais espanhóis, o jogador perdeu 7 kg após a operação.
— É difícil dizer as causas da anemia do Neymar, mas acredito que a pequena perda de sangue durante a cirurgia, o cansaço físico e a má alimentação pós-operatório podem ter ajudado a provocar a doença.
Tratamento
O tratamento da anemia vai depender da causa do problema, ou seja, se for consequência de hemorragia, é fundamental investigar os motivos da perda de sangue. Já no campo a alimentação, a falta de ferro pode ser corrigida com um cardápio balanceado.
O médico recomenda incluir na rotina alimentar carnes vermelha e branca, lentilha e alimentos verdes, como agrião, rúcula e espinafre.
— Nem sempre uma alimentação equilibrada cura a doença. Se a anemia persistir, é preciso iniciar um tratamento com suplementos de ferro. Este tratamento pode durar de quatro a seis meses.
Prevenção
Para prevenir a anemia, o hepatologista garante que é fundamental manter uma dieta balanceada, com alimentos ricos em ferro. Na gravidez, por exemplo, a recomendação médica é fazer suplementação do mineral.
— Em populações carentes, que a doença geralmente está ligada a má alimentação, a panela de ferro é uma boa alternativa de prevenção. O utensílio é capaz de passar uma quantidade de ferro para os alimentos. 
* Brunna Mariel, estagiária do R7 
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site