Homem é preso por estuprar e matar filho de 1 ano em Porto Alegre (RS)

Um homem suspeito de estuprar e matar o próprio filho, um bebê de 1 ano, foi preso na terça-feira, no bairro Hípica, na zona sul de Porto Alegre. No dia 30 de setembro, a criança morreu no Hospital Conceição, na zona norte da capital gaúcha, após ter sido vítima de abuso sexual e tortura. Segundo a Polícia Civil, os vizinhos da família socorreram o menino e o levaram ao hospital, mas ele não resistiu aos ferimentos.

A Delegacia de Polícia para Crianças e Adolescentes (Deca) investigou a morte do bebê e pediu a prisão preventiva do pai dele, de 30 anos. O suspeito foi encontrado escondido em uma construção e encaminhado ao Presídio Central. Ele deve ser indiciado por estupro de vulnerável, tortura e homicídio.

A polícia investiga se a mãe do bebê teve participação nos crimes ou negou socorro à criança. O casal tem outros dois filhos, de 5 e 7 anos, que estão morando na casa da avó materna por ordens do Conselho Tutelar.

O caso

A morte do bebê foi registrada na madrugada de 30 de setembro, no Hospital Conceição, em Porto Alegre. Segundo o Conselho Tutelar, por volta das 2h uma enfermeira da UTI pediátrica comunicou que uma criança estava morta e havia a suspeita de maus tratos, já que o corpo apresentava diversas fraturas e lesões nos órgãos internos.

A criança chegou ao hospital com a mãe, de 25 anos. O laudo médico, segundo a polícia, apontou que também houve abuso sexual. O menino morto vivia com o pai, a mãe e as duas irmãs em uma casa alugada no bairro Vila Jardim, Zona Norte de Porto Alegre.

Vizinhos do casal relataram que o homem é violento, batia nas crianças e usa drogas.

Fonte: Terra 
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site