Procurador Oscar Costa Filho reage às críticas e diz que Ciro Gomes pratica 'Neocoronelismo' no Ceará

14/10/2013 03:43:00 atualizado em 14/10/2013 ás 20h32
Postado por Luiz Vasconcelos
Depois das investidas duras do ex-ministro e secretário de saúde do Estado, Ciro Gomes, contra o Ministério Público Federal do Ceará, no episódio do sumiço dos equipamentos do Hospital Regional de Sobral, o procurador geral da república no Ceará, Oscar Costa Filho, resolveu dar uma resposta.

Durante entrevista coletiva, na sede do Ministério Público Federal no Ceará (MPF/CE), nesta segunda-feira (14), o procurador afirmou que Ciro “tenta desqualificar o trabalho realizado pelo Ministério Público para encobrir as irregularidades cometidas pelo Governo do Estado”, classificando as ações de “prática de neocoronelismo” e “assassinato moral”.

Para ele, a vistoria realizada por Ciro Gomes ao Hospital de Sobral foi um “reality show”, após divulgação do relatório de auditoria do Ministério da Saúde, que apontou o sumiço de alguns equipamentos avaliados em R$ 819 mil pelos cofres federais. A informação provocou mal-estar na cúpula do governo do Ceará e o governador Cid Gomes pediu ao secretário, que é seu irmão, que fosse ao hospital mostrar os equipamentos.

Sobre as providências a serem adotadas pelo MPF com relação à auditoria realizada pelo Ministério da Saúde no Hospital Regional Norte, em Sobral, o procurador ressaltou que o relatório foi conclusivo e, portanto, à época os equipamentos não encontravam-se no hospital.


Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site