Câmara recebe comunicado oficial do STF sobre prisão de João Paulo Cunha

terça feira 04/02/2014 ás 16h09
 A Câmara dos Deputados foi oficialmente comunicada, nesta terça-feira (4), sobre o mandado de prisão do deputado João Paulo Cunha (PT-SP), condenado no processo do mensalão.
O STF (Supremo Tribunal Federal) enviou a mensagem à Câmara, avisando que a ordem para prender o deputado já estava assinada. A carta, assinada pelo presidente do Supremo, ministro Joaquim Barbosa, avisa que será imediatamente iniciada a execução da pena de João Paulo Cunha.
O presidente da Casa, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), deve levar o assunto para a reunião de líderes que acontece nesta tarde. As lideranças parlamentares devem discutir, a partir de agora, como se dera o processo de perda de mandato de Cunha.
Em janeiro, quando Joaquim Barbosa negou os últimos recursos de João Paulo Cunha e encerrou o processo, Henrique Eduardo Alves chegou a marcar para esta semana a reunião que discutiria a cassação do deputado.
No entanto, o presidente da Câmara mudou de ideia e cancelou a reunião, alegando que precisava antes ser notificado pelo Supremo sobre a prisão do deputado.
Barbosa, decretou o trânsito em julgado mas saiu de férias antes de assinar o mandado de prisão de Cunha. Por isso, a autorização para prender o deputado saiu agora, no retorno dos trabalhos do Judiciário, quase um mês depois do processo der encerrado.
O petista almoçou, nesta segunda-feira (3), com militantes do partido que estão acampados ao lado do Supremo e, na ocasião, disse que não estava preparado para ir para a prisão.
Ele foi condenado no processo do mensalão por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato. Cunha deve cumprir a pena de nove anos e quatro meses em regime fechado. Fonte:R7
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site