Viaduto desaba mata pelo menos duas pessoas e fere 20 em BH, diz governo

    Quinta Feira 03/07/2014
Um viaduto em obras na avenida Pedro I desabou nesta quinta-feira (3) na região da Pampulha, em Belo Horizonte. Pelo menos duas pessoas morreram - uma delas é a motorista do micro-ônibus, Hanna Cristina dos Santos, de 26 anos. De acordo com informações da Secretaria de Estado da Saúde, além dos dois mortos, outras 20 vítimas ficaram feridas na queda da estrutura. No entanto, o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros Edgard Estevo da Silva, confirma apenas um óbito.
De acordo com o Corpo de Bombeiros, a estrutura atingiu dois caminhões, um micro-ônibus e um carro no bairro São João Batista.Os militares esperam ajuda do Exército para cortar o viaduto em blocos para ajudar no resgaste de possíveis vítimas.

Os feridos foram levados para os hospitais Odilon Behrens e Risoleta Neves. Os caminhões, de propriedade da empreiteira que realiza a obra, estavam vazios.

O vereador Iran Barbosa passava pela avenida quando ouviu o estouro e viu a estrutura desabar.

— Eu ia entrar na rua à direita quando ouvi o estalo. Peguei o viaduto caindo. A estrutura desabou sobre um micro-ônibus, um caminhão e um carro, que ficaram com as frentes completamente destruídas. É difícil que os três motoristas tenham sobrevivido, consigo ver os veículos esmagados.
Ele fotografou as primeiras imagens da tragédia e postou no Twitter. Em dez minutos, duas ambulâncias do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e oito viaturas do Corpo de Bombeiros iniciaram os trabalhos de resgate.
A Polícia Militar informou que dez viaturas estão no local. O helicóptero do Corpo de Bombeiros, seis viaturas e ambulâncias também auxiliam no socorro. A Sudecap (Superintendência de Desenvolvimento da Capital) também foi acionada.
Aparentemente, um conjunto habitacional vizinho ao viaduto não foi atingido.
Onde fica
A avenida Pedro I é um dos acessos das regiões norte e Venda Nova, em Belo Horizonte, até o Mineirão. A distância entre o estádio e o viaduto é de 5 km. A via está sendo ampliada para receber o BRT Move, que deveria ter ficado pronto para a Copa do Mundo.  As estruturas, no entanto, só ficarão prontas no segundo semestre deste ano.
Viaduto corria risco de cair
Em fevereiro deste ano, a Pedro I ficou quase uma semana interditada por conta do risco de queda de outro viaduto em construção no complexo viário que recebe o BRT Move. A estrutura, sobre a rua Montese, no bairro Santa Branca, cedeu 30 cm por conta de dilatação das pistas. No acidente ninguém se feriu. Após análise da Sudecap (Superitendência de Desenvolvimento da Capital), o braço do viaduto foi reconstruído. O acidente aconteceu uma semana antes da estreia do BRT Move na capital mineira.
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site