Acidentes, assassinatos e afogamento deixam 16 mortos no fim de semana

segunda-feira 06/05/2019
Dezesseis mortes violentas foram registradas pelas autoridades da Segurança Pública no fim de semana em todo o estado do Ceará. Nove pessoas foram assassinadas e outras seis morreram vítimas de acidentes de trânsito, além de um caso de afogamento fatal. Em Fortaleza, a violência armada deixou seis mortos nas ruas.
Ainda na madrugada de sexta-feira (3), dois irmãos foram executados, a tiros, dentro de casa, em uma favela no bairro Jardim das Oliveiras.  Também na sexta, o corpo de um homem foi encontrado com marcas de violência em um matagal no bairro Caça e Pesca, na zona Leste da Capital. A vítima não identificada.
Na madrugada de sábado, por volta de 1h30, um assaltante, identificado como Francisco Randal Pereira morreu numa troca de tiros com policiais militares no momento em que foi abordado  na Rua Cidade Ecológica, bairro Edson Queiroz.  
Segundo o registro da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Moradores informaram da presença de homens armados no local. A patrulha RP-19102 se dirigiu ao local e ao tentar abordar os criminosos foi recebida a bala, na esquina das ruas Ernesto Monteiro e Cidade Ecológica. Os PMs reagiram e Randal foi baleado. Logo em seguida, apareceram no local  familiares dele. O assaltante ferido foi levado pela PM para o IJF-Centro, onde ele faleceu horas depois.
Mais crimes
Na manhã de domingo (5), um ex-presidiário foi morto a tiros no bairro Jandaiguaba, no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), sendo identificado como Francisco Mardônio Rodrigues dos Santos.  Segundo a Polícia, Mardônio havia saído da cadeia recentemente e foi executado, a tiros, nas margens de um riacho.
Na noite de ontem, mais dois homicídios ocorreram na Grande Fortaleza. No Conjunto Jereissati I, em Maracanaú, a vítima da violência foi uma mulher, morta a golpes de faca dentro de uma residência após uma discussão.  Segundo apurou a Polícia, o suspeito teria discutido com a vítima, que nçao gostou de ser chamada de “sapatão”. Na briga, a mulher sofreu vários golpes de faca e morreu no local. O suspeito está foragido.
E no bairro Parque Genibaú II, um homem foi morto a tiros, por volta de 22 horas após ser perseguido nas ruas. A vítima, não identificada, foi abordada por dois homens armados na esquina das ruas Nossa Senhora Aparecida e Humaitá. Ao perceber que seria morta, saiu correndo e entrou em sua casa, que foi invadida pelos atiradores.  
Interior
Em Juazeiro do Norte, no Cariri (a 528Km de Fortaleza), um crime de morte em família foi registrado no sábado. O aposentado Antônio Wilson do Nascimento, 59 anos de idade, foi assassinado pelo filho, Alexandro Avelino do Nascimento, 37 anos, que acabou preso horas depois pela Polícia Militar.  Segundo a Polícia, o pai morreu vítima de asfixia mecânica, isto é, foi sufocado pelo filho durante uma discussão por conta de R$ 50,00 que o filho exigia do pai para comprar drogas.  O filho tem uma extensa ficha criminal.
Na cidade de Novo Oriente, na Região dos Inhamuns (a 388Km de Fortaleza), o agropecuarista  Domingos Alves do Nascimento, 62 anos, foi assassinado, a tiros, dentro de uma lanchonete, na manhã deste domingo (5).  Testemunhas informaram que o crime foi praticado por dois homens que estavam em uma motocicleta. A Polícia suspeita de uma pistolagem.
Acidentes com mortes
Uma colisão entre um ônibus e uma motocicleta deixou duas pessoas mortas, na madrugada de sábado último (4), no Centro da cidade de Mombaça (a 293Km de Fortaleza).  As vítimas foram identificadas  por Pedro Welinton Pereira de Araújo, 23 anos; e Antônio Renato Soares da Silva, 22. Os dois homens trafegavam em uma moto e colidiram com um ônibus que levava passageiros para uma excursão. Os corpos foram levados para o Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) da cidade de Quixeramobim.
Acidente semelhante ocorreu no fim da tarde de sexta-feira (3), em Paracuru (a 100Km de Fortaleza). Uma colisão de uma moto com um ônibus deixou dois mortos.
Em Senador Pompeu (a 273Km de Fortaleza), uma colisão de uma motocicleta com um caminhão na CE-166, no quilômetro 88, no Distrito de Encantado, causou a morte de um policial militar. Tratava-se do sargento PM Valdenir de Oliveira, 55 anos, o “Cobra D’água”, da Reserva Remunerada da Corporação.  O fato ocorreu por volta de 19 horas de sábado (4).
Em Brejo Santo (a 515Km de Fortaleza), um acidente com motocicleta, na sexta-feira,  causou a morte do jovem Renan Rodrigo da Silva, 25. Gravemente ferido, ele ainda foi levado para o Hospital Regional do Cariri (HRC), em Juazeiro do Norte, onde faleceu por volta de 14 horas de sábado.
Afogamento fatal
Na tarde deste domingo (5), em Granja (a 329Km de Fortaleza), uma jovem identificada por como Viviane Teixeira Marques, 20 anos, morreu por afogamento no Rio Coreaú. A vítima nadava com amigos na área destinada aos banhistas, próximo à ponte metálica, na Barragem Lima Brandão, quando foi arrastada pela correnteza e desapareceu.  Logo em seguida, o corpo foi encontrado já sem vida.

fonte:CN7
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site