Dupla ligada a facção é presa em mansão disfarçada de lava-jato em Paracuru

terça-feira/07/05/2019Dois suspeitos de integrar a facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) foram presos pela Polícia Civil em uma mansão disfarçada de lava-jato, no bairro São Pedro, Município de Paracuru, no Litoral Oeste do Ceará. A dupla é suspeita de cometer homicídios e praticar tráfico de drogas na Região.
Segundo o titular da Delegacia Municipal de Paracuru, delegado Régis Pimentel, as investigações apontam que os presos Anderson da Silva de Oliveira, o 'Cabeça', de 28 anos, e Matheus de Souza Santiago de Oliveira, o 'Matheuzim', 22, ocupam posições de liderança na facção.
As apurações começaram após o assassinato do jovem Eike da Silva Teixeira. Conforme o delegado, o crime foi cometido de "de forma covarde e sem possibilidade de defesa da vítima". "'Cabeça' efetuou vários disparados de arma de fogo contra a vítima, inclusive um deles direcionado ao crânio, estando a vítima já em solo, o popular 'tiro de misericórdia'", explicou.A dupla foi detida por força de mandados de prisão preventiva. Régis Pimentel revela que, no cumprimento das deciões judiciais, chamou atenção da Polícia a forma como a organização criminosa ocultava o estilo de vida luxuoso.
"No imóvel onde eles estavam escondidos funcionava um simples e precário lava-jato na fachada, sendo que nos fundos existia uma luxuosa mansão revestida no porcelanato e equipada com piscina térmica nas dependências, formando um indicativo de lavagem de dinheiro oriundo do tráfico se drogas", concluiu o delegado.

fonte:Diário do Nordeste
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site