EXCLUSIVIDADES CASO DANIELLE OLIVEIRA: Familiares entram na mata à procura de Zé do Valério

quinta-feira 06/junho/2019
Foto: Reprodução da internet 
Familiares da jovem Danielle Oliveira, assassinada no dia 24 de abril na cidade de Pedra Branca, sertão central cearense, saiu na noite de ontem, dia 05 de abril, à caça do assassino Zé do Valério. A informação foi repassada pela prima de Danielle, Sueli, ao vivo, por telefone, com exclusividade para o programa SEM MEDO DA VERDADE, na web radio
OUSADIA.

O programa SEM MEDO DA VERDADE, apresentado por Italo Renan, tem mantido contato constante com a família de Danielle Oliveira, desde que Zé do Valério foi visto na comunidade de Juazeirinho, município de Independência , 3 dias atrás. 

RAZÃO

Após familiares tomarem conhecimento de que Zé do Valério foi visto novamente nas imediações de onde foi visto tendo abandonado uma mochila com utensílios e pertences, no momento em que roubava feijão numa roça, e indignados com a falta de atuação das forças de segurança para capturar Zé do Valério, uma comitiva de aproximadamente 10 pessoas liderado por Daniel (pai de Danielle), Edmílson (tio de Danielle) e Adriano (irmão de Danielle) saiu ontem a noite, em direção a Juazeirinho, para caçar Zé do Valério.

EXCLUSIVIDADE

Sueli (prima de Danielle) informou ainda com exclusividades para a equipe do programa SEM MEDO DA VERDADE que Zé do Valério após matar Danielle, levou junto com ele um aparelho celular modelo Iphone 6, que permite a policia rastrear e facilmente localizar e capturar o elemento. Zé do Valério, de acordo com a Sueli, levou também uma peça intima, precisamente a calcinha da vitima e que a calcinha encontrada não pertencia a Danielle. Isso nos leva a concluir que a peça deve pertencer a uma outra vitima e que o elemento costuma se apropriar de roupas intimas de suas vitimas.

POPULAÇÃO

Além dos familiares, a população pedrabranquense e de todo Ceará, cobram do governador Camilo Santana medidas eficazes e emergenciais para a captura de Zé do Valério, elemento cruel e considerado de alta periculosidade. Todos exigem maior empenho das autoridades, não só apenas pelo fato ocorrido, más pelo risco de que suja uma nova vitima com esse elemento solto. 

ATENÇÃO

A qualquer momento a equipe de reportagem da Ousadia, pode entrar no ar trazendo novas informações sobre o caso.



por rádio Ousadia

Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site