Dançarina da Banda de Forro Sala de Reboco do-CE foi morta por PMs baiano.

05/07/2019
SALVADOR. BA (FOLHAPRESS) – A dançarina da banda de forró Sala de Reboco, Gabriela Amorim, 25, foi morta na madrugada desta sexta-feira (5) durante uma ação da Polícia Militar da Bahia em Irecê (480 km de Salvador).
O carro onde estava Gabriela Amorim e outros membros da banda foi atingido por tiros após supostamente ter ultrapassado um bloqueio policial. Em entrevista ao jornal Diário do Nordeste, a cantora da banda Joelma Rios afirmou que o carro foi atingido por 38 disparos.
Além da Gabriela, o carro levava outras quatro pessoas: um motorista e outros três membros da banda.
O sanfoneiro Eliedelson Porcidônio foi atingido por tiros na perna, teve fratura exposta e foi encaminhado para o Hospital Regional de Irecê. 
A banda Sala de Reboco é do Ceará e havia se apresentado na cidade de Irecê nos festejos de São João.
O carro foi atingido pelos tiros enquanto trafegava no centro da cidade. A banda estava indo para a cidade vizinha de Lapão, a 11 km de Irecê, onde participaria de um jantar de confraternização para comemorar o fim da turnê junina. 
Ao Diário do Nordeste, Joelma Rios afirmou que estavam na rodovia, seguindo para a cidade de Lapão, quando avistaram um carro os seguindo. Segundo a cantora, contudo, o motorista e os membros da banda não perceberam que era a polícia, já que não havia nenhuma sirene ligada.
“Naquele momento de medo, todas as meninas apreensivas, nós pedimos para o motorista fugir. Depois de entrar em rua, sair em rua, voltamos para a avenida que dá acesso a Irecê, quando havia uma viatura com tudo apagado e uma outra fazendo o bloqueio. E já foram arremessando bala na gente”, disse.
Em nota, a Polícia Militar da Bahia informou que o carro estava trafegando na contramão, em alta velocidade e que não parou em dois bloqueios feitos pelos policiais.  
“O veículo não obedeceu à ordem de parada, manobrando perigosamente pelo acostamento e dando continuidade à fuga pelo centro da cidade, em alta velocidade, transitando pela contramão, expondo a risco os próprios ocupantes do carro, outros usuários da via e transeuntes”, informou.
Ainda segundo a polícia, os policiais abordaram o carro após disparo de arma de fogo. Após constatar a existência de feridos, chamaram uma ambulância.
O caso está sendo investigado pela Delegacia de Irecê, que já ouviu os policiais envolvidos no episódio.
A Polícia Militar informou que está apurando as circunstâncias da ocorrência e disse “lamentar profundamente” a morte de Gabriela Amorim.
Gabriela Amorim, dançarina da banda Sala de Reboco, morta em ação policial em Irecê, na Bahia Arquivo pessoal Gabriela Amorim, dançarina da banda Sala de Reboco, morta em ação policial em Irecê, na Bahia     
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Google Plus email Email
EMAIL: contato@radioousadia.com.br

Curta Nossa Página

As Mais Lidas do Nosso Site

De onde Nos Visitam

Arquivos do Site

Total de Visitantes do Site